REPÚDIO DA ATITUDE DE ALGUNS MEMBROS DA COPESBRA‏

02-03-2012 09:11

 

Venho repudiar a atitude de alguns membros da COPESBRA em relação as Associações de Professores de Espanhol. As associações não são departamentos de universidades e nem chumbetas de nenhuma delas, e sim parceiras. As universidades, ou melhor, os professores devem entender que as representatividades são para os professores de espanhol desde da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, Superior, EJA, Escolas Idiomas, etc. Os donos de cada APE são os próprios professores associados. Vergonhoso é ver gente que tem um título de doutor e querer impor o que acha, sua visão sem respeitar a maioria. Se não fossem as APEs que lutam, brigam, capacitam, motivam e oportunizam para todos o conhecimento, o que seriam dos profissionais ou dos futuros docentes? Estariam até hoje desatualizados. Basta verificar como saem os discentes delas! As universidades precisam das APEs para colocar a formação continuada em prática.
 
Em relação a Consejería, é um órgão que ajudou, ajuda e quem sabe venha ajudar ainda mais aos professores brasileiros de Norte a Sul, Leste a Oeste. Cabe a cada uma querer ou não a parceria. Mas como o estatuto diz: deve agregar o conhecimento a todos os associados. Seria uma incoerência não aceitar esta parceria como outra qualquer, desde de que venha melhorar o nível de conhecimento em língua espanhola e ensino.
 
Outra coisa, já que tantos defendem que não deveríamos ter o apoio da Consejería de Educación da Espanha, tragam ajuda financeira das universidades e banquem as idas dos representantes da APEs para os eventos. Como não vão fazer isso, por que ficam falando utopias??
 
Os presidentes ou os seus representantes querem que a língua espanhola se expanda e que os professores possam usufruir ao máximo de conhecimentos na área. Sem contar que um professor da Educação Básica que queira fazer uma pós-graduação em nível de Mestrado ou Doutorado é barrado geralmente a sua entrada, e deixam entrar aqueles que são apadrinhados na sua maioria. Antes de falar que as APEs são pelegas ou seus representantes, vejam o que vocês fazem lá, como também nos concursos para efetivos. É uma grande vergonha!!
 
 
Repudio essas atitudes que não enobrecem ao nosso país, principalmente a sociedade brasileira. Ainda bem que há universidades, ainda poucas, que são coerentes na sua forma de analisar, fazer e executar. Precisa entender que não é por indicação de A ou B, e sim por MERITOCRACIA!!!!! Se é que entendem o que isso na prática. Ainda falta muito para acontecer.
 
Doutor = a nível de titulação, mas para alguns estão longe de ser educados.
 
Prof. Josinaldo Oliveira dos Santos
Presidente